Notícia publicada sexta-feira, 25 de julho de 2014

Outra característica do grupo são as letras. Quem fica responsável por elas? Não adianta nem perguntar de ondem vem a inspiração, pois em nosso país não falta!

André: Todos da banda têm sempre algo pra acrescentar, tanto nas letras como no som mesmo. Eu e o Thiago Zavatti gostamos muito de compor! Da minha parte, geralmente eu levo o “esqueleto” pros caras, aí acaba virando uma coisa conjunta.

A banda já se aproxima dos quinze anos de idade. Teria como fazer um paralelo entre a cena de hoje e dos anos 2000?

André: Ah, muita coisa mudou! Tudo é muito acessível hoje em dia. É muita informação espalhada rapidamente, o que acaba diversificando bem o gosto do público. Sei lá, tudo tem o lado positivo e negativo. Gosto de dizer que a cena está sempre se reciclando. No Metal mesmo, sempre existe uma tendência, as pessoas querendo ou não. Um exemplo que todos nós sabemos, foi quando surgiu o estilo “Nu Metal” ou “Alternative Metal”, com esse lance de usar sempre afinação baixa. Vi bandas de vários estilos serem influenciadas por essa característica.

Leia a entrevista completa acessando:
http://whiplash.net/materias/entrevistas/207064-dnr.html#ixzz38KFYzI8u

O DNR continua promovendo o debut, lançado de forma independente. Aos interessados, o material também foi disponibilizado para download gratuito:

http://www.mediafire.com/download/ys30bmv8596skvt/DNR_(Do_Not_Resuscitate)_2013.zip

Confira uma música do disco:

Contato para shows e merchandise: dnrbrasil@hotmail.com

Sites relacionados:
www.atrofiandomentes.com
www.facebook.com/dnrbrasil
www.metalmedia.com.br/dnr