Notícia publicada sexta-feira, 16 de agosto de 2013

O primeiro disco de vocês foi lançado no final do ano passado, como vocês tem visto a recepção do trabalho?

Tem sido muito boa, no sentindo que a maioria tem gostando bastante (risos). Você nunca sabe se o álbum vai agradar, afinal, fazemos pensando no que gostaríamos de ouvir. As pessoas podem odiar ou adorar. Temos tido ambas as respostas, mas os que estão gostando dão um pau em quem está odiando (risos). De qualquer forma, ninguém ficou indiferente, e isso é muito gratificante.

‘The Goats Are Not What They Seem’ foi lançado de forma independente, vocês acham que este é o caminho da Música pesada nacional?

É um dos caminhos. Ao trabalharmos de forma independente, temos mais controle e mais liberdade. Ao mesmo tempo, perdemos um pouco em divulgação. Acho importante ter uma empresa, seja uma gravadora ou distribuidora, que dê um suporte. Nós fizemos um acordo com a Shinigami Records e eles estão dando uma força na distribuição, o que significa que mais pessoas terão acesso ao álbum. Até então estávamos vendendo apenas pela internet, por meio do nosso e-mail press@goatloveweb.com. Funciona muito bem, mas o alcance pode ser menor. Dá para se fazer das duas formas, depende dos objetivos que você traçar.

Leia a entrevista completa no site X-PRESSON:
http://x-presson.com/wordpress/2013/08/11/entrevista-com-goat-love/

Ouça uma música:

Contato para shows e merchandise: press@goatloveweb.com

Sites Relacionados:
www.goatloveweb.com
www.myspace.com/goatloveweb
www.facebook.com/goatloveweb
www.metalmedia.com.br/goatlove